Irmã Adelaide Molinari

Irmã Adelaide

Adelaide Molinari nasceu em 2 de fevereiro de 1938, na área rural de Garibaldi, Rio Grande do Sul, a terceira, entre 11 irmãos, filha de Salvador e Cecília, pequenos agricultores que a criaram e lhe deram segurança e estabilidade. Uma família religiosa de tradições conservadoras. Com 16 anos, com apoio dos pais, ela foi morar com as irmãs Filhas do Amor Divino e acabaria por ingressar na vida religiosa feminina.

Molinari tombou no dia 14 de abril de 1985, na rodoviária de Eldorado do Carajás, n sudeste paraense. Minutos antes do crime a religiosa conversava com o dirigente Arnaldo Ferreira sobre educação. Cogita-se que o alvo era o militante, e não a religiosa. O tiro atravessou o corpo de Arnaldo e alcançou a jugular da irmã.  O igualmente padre, antropólogo, ex quadro da CPT em Conceição do Araguaia, e professor da UFRJ, Ricardo Rezende, rememora a trajetória dos pares religiosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *