“Gringo” Raimundo Ferreira Lima

Raimundo Ferreira Lima, mais conhecido como “Gringo” foi executado por pistoleiros em maio de 1980, quando somava apenas 43 anos, em São Geraldo do Araguaia, sudeste paraense. Além de sindicalista em Conceição do Araguaia, Lima era agente da Comissão Pastoral da Terra (CPT). Gringo foi o primeiro dirigente sindical assassinado na região imortalizada como a Leia mais… »

Caso Canuto

Nascido no estado de Goiás, João Canuto de Oliveira veio ao mundo no dia 3 de janeiro de 1936 no distrito de Santa Maria, município de Trindade. Oliveira era filho do ex combatente da Coluna Prestes, José Raimundo de Oliveira e da parteira Jovelina Canuto de Oliveira. Aos 22 de idade fez par com a Leia mais… »

Caso Expedito Ribeiro

O poeta, sindicalista e militante do PC do B tombou no dia 02 de fevereiro de 1991, no município de Rio Maria, sul do Pará, quando presidia o Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município.  O pistoleiro Serafim de Sales (Barrerito) foi o encarregado da encomenda realizada pelo fazendeiro Jerônimo Alves de Amorim. As execuções de Leia mais… »

Arnaldo Delcídio Ferreira

Filho de Patos de Minas, Minas Gerais, Arnaldo Delcídio Ferreira nasceu em 28 de abril de 1937 em uma família de lavradores.  A lida com a terra aprendeu com os pais, que labutavam em latifúndios.  Nas Gerais trabalhou na formação de pastagens. Em 1970 apeou com a família em Aragominas, na época terras do estado Leia mais… »

Caso Virgílio Sacramento

O pai de 11 filhos, 44 anos, dirigente sindical da região de Moju, norte do estado do Pará foi assassinado no dia 05 de abril de 1987, quando morava na Vila do Sucuriju, na comunidade São Pedro. Sacramento foi atropelado por um caminhão quando dirigia uma pequena moto.  Sacramento presidiu o Sindicado dos Trabalhadores Rurais Leia mais… »

Caso Avelino Ribeiro da Silva

Tal João Canuto, Avelino Ribeiro da Silva era filho das terras do estado do Goiás, nascido na cidade de Capanema, filho de família com profundos laços à terra, sendo o pai trabalhador de fazendas em várias partes do país. Antes de aportar em Santarém, no oeste do Pará, a família correu o trecho por São Leia mais… »

“Dezinho” José Dutra da Costa

No dia 21 de novembro o assassinato do dirigente José Dutra da Costa somou duas décadas.  O crime ocorreu quando o sindicalista estava na porta de sua casa, no município de Rondon do Pará, no sudeste do Pará.  A terra grilada da fazenda Tulipa Negra foi o estopim da execução. Ela havia sido ocupada por Leia mais… »

José Cláudio e Maria do Espírito Santo

O casal de extrativistas José Cláudio e Maria do Espírito Santo foi tocaiado no dia 24 de maio de 2011, quando se deslocavam de moto no interior do projeto de assentamento agroextrativista (PAE) Praia Alta Pinheira, no município de Nova Ipixuna, sudeste do Pará, nas imediações de Marabá.   O PAE é único nesta categoria Leia mais… »

Benezinho – Benedito Alves Bandeira – Tomé-Açú

Mais conhecido como Benezinho, o dirigente sindical Benedito Alves Bandeira era natural do município de Nova Timboteua, no estado do Pará. Integrante das CEBs, nos efervescentes anos de 1980, ao lado de outros lavradores, colaborou na organização de delegacias sindicais. No período, considerado como um marco da retomada dos sindicais das mãos dos pelegos, concorreu Leia mais… »